Existem coisas simples que podemos fazer para que a recuperação de algo que perdemos seja mais fácil:

  • Tenha por hábito fotografar os seus bens mais valiosos ou que estima para em caso de perca tenha uma imagem que facilmente o identifica.
  • Ao fotografar tire de várias perspectivas ou algum elemento diferenciador, uma marca comercial, uma mazela, uma adaptação, um conserto, algo que o singularize.
  • No caso de animais, para além do aspecto físico ou identificação (por vezes um simples número de telefone na coleira pode ser o suficiente), indique algum costume ou alimento que adore e que reaja positivamente para a identificação plena. Não se esqueça que desde 25 de Outubro de 2019, todos os cães, gatos e furões têm que ter um microchip. Existem igualmente dispositivos GPS a preços económicos que podem ser uma solução se o seu animal tem o habito de andar pela rua.
  • No caso de equipamentos guarde recibos e garantias, registe os números de série para que seja mais simples comprovar a sua propriedade em caso de litígio.
  • Utilize plataformas como o PROCURA-ME.PT ou grupos sociais para divulgar o que perdeu, atingindo assim o maior número de pessoas que lhe possam ajudar. Seja objectivo no seu anúncio indicando o que perdeu, a região e um contacto.

 

Preparar-se antecipadamente para possíveis situações que possam ocorrer, é meio caminho andado para uma resolução mais fácil.